No Ar

Clube Hits

12h às 16h

Clube News

06/10/2017

Ator de Glee se declara culpado por posse de pornografia infantil

O ator Mark Salling, conhecido por interpretar Noah “Puck” Puckerman na série musical Glee, confessou ser culpado das acusações de posse de pornografia infantil e foi sentenciado a 7 anos de prisão, mais 20 anos de liberdade condicional.

Segundo documentos obtidos pelo site The Blast, o ator de 35 anos fez um acordo com a Justiça ao confessar. A sentença de prisão pode cair para 4 anos e, quando liberado, o ator deverá evitar locais frequentados por menores de idade, como escolas e parques, além de entrar para um programa de tratamento para agressores sexuais. Ele também deverá pagar 50.000 dólares de multa a cada vítima que alegar danos pelo caso.

Salling foi preso em dezembro de 2015 e indiciado em maio do ano seguinte após uma denúncia anônima. Autoridades encontraram uma grande quantidade de imagens e vídeos de pornografia infantil em seu computador e em um drive de memória externa.

fonte: MSN

Mais notícias

6/10/2017
Xuxa Meneghel, após polêmica com Datena, se manifesta contra palmada:'Violência'
Após ser alvo de críticas de José Luiz Datena por ter rebatido o filho do apresentador, Joel Datena, após ele ter apoiado a palmada na educação, Xuxa Meneghel fez uma transmissão ao vivo no Facebook e
6/10/2017
Ator de Glee se declara culpado por posse de pornografia infantil
O ator Mark Salling, conhecido por interpretar Noah “Puck” Puckerman na série musical Glee, confessou ser culpado das acusações de posse de pornografia infantil e foi sentenciado a 7 anos de prisão, m
6/10/2017
Deputado vai à Raquel para suspender fundo eleitoral de Huck
O deputado Jorge Solla (PT-BA) quer suspender o Fundo Cívico Para a Renovação da Política. O parlamentar pediu à procuradora-geral da República, Raquel Dodge, uma investigação sobre o FundoRenovaBR, c
6/10/2017
Globo anuncia fim do "Estrelas" e surpreende funcionários
A equipe do "Estrelas" foi pega de surpresa com a decisão da TV Globo de cancelar a atração, nesta quarta-feira (4), após 11 anos no ar