Clube News

Alesp suspende mandato de Fernando Cury por seis meses após acusação de importunação sexual

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
Alesp suspende mandato de Fernando Cury por seis meses após acusação de importunação sexual

Em decisão inédita, a Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) aprovou, na quinta-feira, a perda de mandato temporária do deputado Fernando Cury (do Cidadania) no processo em que a deputada Isa Penna (PSOL) o acusa de importunação sexual. 

A resolução ampliou o afastamento do deputado por seis meses e foi aprovada com 86 votos favoráveis e nenhum contrário.

Originalmente, o Conselho de Ética da Casa havia decidido a pena de 119 dias de afastamento para Cury, entretanto, após uma reunião realizada entre o Colégio de Líderes, Conselho de Ética e Procuradoria da Alesp, foi acordada a suspensão de seis meses. 

Em suas redes sociais, Isa Penna comemorou a decisão da Alesp, dizendo que o fato ficará “registrado na história da luta feminista” e afirmou que seguirá lutando contra “o corporativismo machista”. 

Fernando Cury foi acusado de apalpar o seio de Isa Penna, conforme flagrante registrado pelas câmeras da Alesp.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter