Clube News

Com represa em baixa, população de Votuporanga amarga a falta d’água

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
Com represa em baixa, população de Votuporanga amarga a falta d’água

Os dias de intenso calor e falta de chuvas há mais de quatro meses tem aumentado o consumo de água em Votuporanga, mas a oferta desse líquido precioso está cada vez mais limitada.

Estimativas da Saev Ambiental calculam que cada votuporanguense consuma, em média, 240 litros de água por dia, quando o ideal deveria ser de, no máximo, 180 litros por dia, por pessoa.

De acordo com a Saev Ambiental, o corte ocorre, principalmente, nas regiões centrais da cidade, abastecidas pela Represa Municipal, além de algumas áreas da região norte e sul, que também estão sendo afetadas. 

A Represa Municipal abastece 25% do consumo total da cidade e, atualmente, está com 2,40 metros abaixo do nível normal, índice mais crítico já registrado desde quando foi construída. 

Para tentar minimizar o impacto até a chegada das chuvas, a Saev Ambiental conta com a compreensão e colaboração de cada munícipe no uso consciente da água. 

O abastecimento de água no Distrito de Simonsen também sente reflexos da estiagem e alto consumo. 

Uma das bombas do Poço queimou e o sistema do Distrito opera com 70% da capacidade, o que pode ocasionar também interrupção no serviço em determinados horários do dia.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter