Clube News

Escolas estaduais paulistas retomam aulas presenciais e professores ameaçam fazer greve

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
Escolas estaduais paulistas retomam aulas presenciais e professores ameaçam fazer greve

Mais de 5 mil escolas da rede estadual de ensino no estado de São Paulo poderão voltar a ter aulas presenciais a partir desta segunda-feira (8). 

O governo estadual passou a classificar a educação como serviço essencial e, com isso, a abertura das unidades escolares poderá ocorrer mesmo nas fases mais restritivas do Plano São Paulo.  

Cada unidade poderá definir como fará o rodízio de alunos e suas atividades presenciais e remotas. 

Para as localidades que estiverem classificadas na fase vermelha ou laranja – como é o caso de Votuporanga, a presença dos alunos é limitada a até 35% do número de estudantes matriculados. 

Os professores da rede pública de ensino do estado decidiram fazer “greve sanitária” por causa da Covid-19 a partir de hoje. 

Segundo o Sindicato dos Professores (Apeoesp), os profissionais vão trabalhar normalmente, mas de forma remota. 

O governo afirmou que descontará do salário dos professores as eventuais ausências deles no trabalho a partir de hoje. 

A exceção será aberta a profissionais com mais de 60 anos ou que apresentem atestado médico confirmando problemas de saúde.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter