Clube News

Homem é expulso de rodízio por comer demais

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
Homem é expulso de rodízio por comer demais

Se você acompanhou as redes sociais nestes últimos dias, provavelmente se deparou com a história de João Carlos Apolonio, um pintor que foi convidado a se retirar de um rodízio de massas onde ele poderia comer à vontade. 

João contou que estava à procura de um lugar com preço mais em conta para que ele pudesse almoçar, e foi então que ele viu a placa de um rodízio de massas, coxinhas, lasanha à vontade por apenas R$ 19,90. E olha que, segundo o próprio João, ele não estava com muita fome, pois tinha comido oito pãezinhos. 

O pintor pediu ao garçom que, para começar, poderia mandar cinco lasanhas, três nhoques e dois macarrões, e após comer 15 pratos de massa, já quase indo para o décimo sexto, João foi convidado a se retirar do local. 

O mais engraçado é que o garçom do estabelecimento havia alertado que, se houvesse desperdício, o pintor teria que pagar uma taxa de R$ 9,90, foi aí que João respondeu: “Pode ficar tranquilo que vocês vão pagar para eu parar de comer”. 

Inicialmente foram 10 pratos, depois João pediu mais cinco, e para fechar, pediu mais oito pratos: quatro lasanhas e quatro nhoques. Após este banquete, o gerente do estabelecimento se dirigiu até o João: “Por gentileza, o senhor aceitaria uma proposta? Não vamos te obrigar a ir embora, mas caso você queira ir agora, nós vamos devolver o seu dinheiro e você não vai ter que pagar nada”. 

Segundo João, essa não foi a primeira vez que o expulsaram de um restaurante por comer demais, pois em outra ocasião, ele estava em uma padaria onde quem comesse uma coxinha de 1kg, não pagaria. Ele comeu uma, pediu a segunda, e por fim, foi impedido de comer a terceira.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter