Clube News

Mattos detona arbitragem e diz que Palmeiras foi prejudicado no Allianz

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
Mattos detona arbitragem e diz que Palmeiras foi prejudicado no Allianz

De acordo com o dirigente, o árbitro Wagner Reway descumpriu uma orientação da própria comissão de arbitragem ao apitar falta de Edu Dracena no goleiro Fábio, em lance que terminou em gol do Alviverde.

- O que estranhou é o despreparo que eles têm para lidar com VAR. O Sérgio Corrêa (chefe da arbitragem) esteve no vestiário. Falou para mim: 'Alexandre, avisa os seus jogadores que lance capital é para seguir até o fim e depois vamos ver o que aconteceu. Não é para parar'. 'Não parem, sigam até o fim e vamos ver o que aconteceu'. Aí o árbitro parou o lance de maneira precipitada, contrariando a própria recomendação. Sérgio Corrêa e mais uns cinco estiveram no vestiário - disse Mattos, e seguiu:

- 'Lance capital segue e depois vamos falar sobre isso'. Disseram que iriam analisar. O erro aconteceu pelo árbitro ser precipitado. Parou o lance. Eles próprios criaram isso. Não estão preparados. Coloca em dúvida tudo. O Palmeiras fala e faz. Fizemos reclamação no fim de semana porque achamos a arbitragem péssima. Se fizesse diferença, iríamos falar todos os dias. O que aconteceu é um lance onde ele foi contra a própria recomendação.

O gol marcado pelo Palmeiras aconteceu nos acréscimos. Diogo Barbosa alçou a bola na área, Edu Dracena dividiu com dois jogadores do Cruzeiro, incluindo Fábio, e a bola sobrou para Antônio Carlos marcar o gol antos o choque entre o goleiro e o beque. Antes da conclusão do lance, o juiz marcou a falta e invalidou o gol. Situação que gerou a revolta palmeirense.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter